Novas regras para empréstimo consignado em benefício do INSS de aposentados e pensionistas

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) regulamentou algumas mudanças no empréstimo consignado para aposentados e pensionistas, tendo em vista a pandemia do coronavírus.

Essas mudanças serão válidas até dia 31 de dezembro. Entre elas, a possibilidade de desbloquear a modalidade de crédito 30 dias após a concessão do benefício; antes, o prazo era de três meses. Os bancos são autorizados a oferecer carência de 90 dias para o pagamento da primeira parcela (não são obrigados), e o limite do cartão de crédito passou de 1,40 para 1,60.

Diante destas mudanças, o INSS como medida de segurança, só irá liberar o benefício para empréstimo após a autorização do segurado.

O empréstimo consignado é uma das modalidades de crédito mais buscadas pelos aposentados e pensionistas por conta de seu juro reduzido e prazo longo para pagamento. Diferentemente de outras modalidades de crédito, as parcelas de um empréstimo consignado são descontadas diretamente do salário do benefício do tomador. Isso quer dizer que quando o pensionista ou aposentado recebe a sua remuneração, o valor da prestação já foi debitado automaticamente pelo órgão pagador.

Todavia, muitos aposentados e pensionistas não sabem que é possível bloquear o empréstimo consignado do INSS, ou desbloquear o recurso quando o segurado desejar.

Leia também

5 dicas para aumentar o valor da aposentadoria
Está prestes a se aposentar? Faça um Planejamento Previdenciário

Efetuar o bloqueio ou desbloqueio para empréstimo é um direito de todo aposentado ou pensionista, e pode ser uma forma muito importante de evitar fraudes e empréstimos não autorizados.

A seguir, vamos entender como se dá o bloqueio ou desbloqueio do empréstimo consignado do INSS.

Como bloquear ou desbloquear benefício para empréstimo

Este pedido é realizado pela internet, sem precisar comparecer pessoalmente em uma agência do INSS.

O serviço de bloqueio e desbloqueio só pode ser solicitado por quem recebe benefício do INSS (aposentado ou pensionista), vejamos o passo a passo:

a) Acessar o portal Meu INSS, ou fazer o download do aplicativo Meu INSS (disponível para IOS e Android);

b) Clicar em “entrar” e fazer login no sistema informando seu CPF e senha. Se esse for seu primeiro acesso, escolha a opção “cadastrar senha” e siga as orientações da plataforma;

c) Dentro do sistema, acesse o menu “agendamentos/requerimentos” e escolha “novo requerimento”;

d) Uma tela de busca será carregada. No campo de pesquisa, digite “bloquear” ou “desbloquear”. A opção “bloquear/desbloquear benefício para empréstimo consignado” será exibida. Clique em “avançar”;

e) As próximas telas vão pedir algumas informações do titular. Preencha com atenção;

f) No fim do requerimento, você poderá escolher entre as alternativas “bloqueio para empréstimo” ou “desbloqueio para empréstimo”. Para finalizar, clique em “avançar”.

O acompanhamento da conclusão do requerimento poderá ser através da central 135, e-mail, portal MEU INSS ou pelo próprio aplicativo, e a liberação acontece entre 7 e 15 dias a partir do pedido de desbloqueio.

Quer receber conteúdos no seu WhatsApp semanalmente? Clique aqui!