fbpx

O Direito de visitas dos avós e netos

O direito de visitas dos avós e netos A Constituição Federal, art. 227, bem como o Estatuto da Criança e do Adolescente, artigo 4º, prevê a convivência familiar, como um dever da família. Nesse mesmo sentido, o Estatuto da Criança e do Adolescente, ao tratar dos Direitos Fundamentais, apresenta, em seu artigo 19, o

Por |2021-02-26T00:19:30-03:0026 de fevereiro de 2021|Família|

Novas regras de duração da pensão por morte para cônjuges e companheiros a partir de 2021

Novas regras de duração da pensão por morte para cônjuges e companheiros a partir de 2021 A Portaria ME nº 424, de 29 de dezembro de 2020, fixou novas idades para o recebimento das cotas individuais de pensão por morte para cônjuges e companheiros. De acordo com o texto

Por |2021-02-22T08:55:49-03:0020 de fevereiro de 2021|Beneficiário INSS|

Recusa à vacina pode gerar dispensa por justa causa, orienta MPT

Recusa à vacina pode gerar dispensa por justa causa, orienta MPT O Ministério Público do Trabalho (MPT) elaborou um guia interno que orienta a dispensa por justa causa na hipótese de recusa do empregado em tomar a vacina contra a Covid-19. O órgão instrui os empregadores a conscientizar e negociar com seus funcionários, para que os desligamentos

Por |2021-02-17T00:33:53-03:0017 de fevereiro de 2021|Trabalhista|

Justiça socorre consumidora sufocada por dívidas com juros abusivos acima de 800% em SC

Justiça socorre consumidora sufocada por dívidas com juros abusivos acima de 800% em SC Uma consumidora do Planalto Norte de Santa Catarina que contraiu e pagava regularmente seis contratos de empréstimo pessoal, com juros anuais entre 132% e 837%, vai ter limitação dessas taxas e também será ressarcida pelos valores abusivos pagos anteriormente nessas transações

Por |2021-02-17T00:14:53-03:0017 de fevereiro de 2021|Consumidor, Revisão de Juros|

Agilidade do pagamento por Pix vira aliada de golpistas

Agilidade do pagamento por Pix vira aliada de golpistas Nova forma de transferência instantânea de dinheiro facilita operações, mas também os estelionatários; veja dicas de como se prevenir Com registros no Rio Grande do Sul desde 2017, o golpe do WhatsApp foi aperfeiçoado com o uso do Pix, novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central.

Por |2021-02-16T22:50:35-03:0016 de fevereiro de 2021|Consumidor|

O que é o Plano de Demissão Voluntária (PDV)?

O que é o Plano de Demissão Voluntária (PDV)? O plano de demissão voluntário é um dispositivo legal para a diminuição do quadro de funcionários de uma empresa, ou seja, é um ajuste entre as partes envolvidas (empregado e empregador) para realizar uma demissão de forma acordada e coletiva.

Por |2021-02-08T10:02:29-03:005 de fevereiro de 2021|Trabalhista|

Caí em um golpe na Black Friday! O que devo fazer?

Caí em um golpe na Black Friday! O que devo fazer? A Black Friday é a data que marca o início das compras de Natal, vindo a ser realizada, no Brasil, comumente na última sexta-feira do mês de novembro! No presente ano a Black Friday ocorreu no dia 27

Por |2020-12-15T10:56:44-03:001 de dezembro de 2020|Consumidor|

Como funciona a venda de férias durante a pandemia?

Como funciona a venda de férias durante a pandemia? Estamos chegando ao final do ano de 2020 e ainda convivemos com a pandemia provocada pelo novo coronavírus. Contudo, mesmo vivendo um ano atípico, tanto a empresa como empregado devem estar atentos quanto aos direitos oriundos do contrato de trabalho,

Por |2020-12-15T10:18:50-03:0030 de novembro de 2020|Trabalhista|

Portal do INSS muda de endereço

Portal do INSS muda de endereço O portal externo do INSS será migrado para o portal único do Governo Federal “gov.br” nesta sexta-feira (23). O novo endereço para acessar todos os conteúdos será https://www.gov.br/inss. Durante dois meses, o antigo portal estará disponível no endereço: antigo.inss.gov.br para ajustes que se fizerem necessários. Gov.Br – O Portal

Por |2021-01-19T14:30:32-03:0026 de outubro de 2020|Beneficiário INSS|

Consumidor cobrado em quantia indevida tem direito à devolução do valor em dobro

Consumidor cobrado em quantia indevida tem direito à devolução do valor em dobro A devolução em dobro do valor cobrado indevidamente do consumidor não depende da comprovação de que o fornecedor do serviço agiu com má-fé. Ela é cabível se a cobrança indevida configurar conduta contrária à boa-fé objetiva. Com esse entendimento, a Corte

Por |2020-10-26T13:39:46-03:0022 de outubro de 2020|Consumidor|
WhatsApp Fale com Advogado Especialista